desabafo - morgana schütz

Sabe que agora pouco entrei numa discussão sobre privilégios e sobre o cenário do Corona Vírus no mundo.


Já cansamos de ver famosos e famosas que poderiam doar muito dinheiro sozinhos, se juntando para arrecadar o dinheiro dos outros para ações solidárias. Concordo que já estão fazendo algo, mas também acredito que a discussão é muito mais profunda do que simplesmente pensar "pelo menos estão fazendo algo".


A mudança está vindo para também não darmos palco para pessoas com posicionamentos assim, que mesmo nesse cenário está pensando da mesma maneira em luxo, em consumismo, em romantizar o cenário em questões que se distanciam muito da realidade.


Temos que perceber que estamos na posição de privilégio e que temos opções na vida, mesmo que elas não foram as planejadas. Eu por exemplo, talvez meus sonhos não deem certo por causa desse cenário, mas pelo menos eu não fico sem casa ou sem comida, vou ter que movimentar a minha vida toda? Sim! Mas eu tenho acesso garantido a esse direito.


E nem estou falando do vírus e das complicações dele. Saber que posso ficar de quarentena enquanto muita gente precisa se expôr ao vírus todos dias - Isso tudo é privilégio! É saber que mesmo no pior cenário não vai nos faltar o que é primário na vida de uma pessoa.


Então acredito que a mudança está aí, vai acontecer em todos os sentidos, tanto no mercado, no consumo, no comportamento.


Mas quem foca só num recorte social de privilégio está olhando para o mundo pela janela, literalmente.


REDES

© 2023 por PRO ME. Orgulhosamente criado por nós.